Novos Pokemons e mais batalhas: CEO da Niantic comenta sobre novidades para Pokémon GO

Mesmo tendo perdido cerca de 79% de seus jogadores pagantes, Pokémon GO, o título de maior sucesso da Nintendo/Niantic para plataformas móveis, parece ainda ter algumas surpresas escondidas “na manga”.

Vendo o cenário atual do jogo, muitos estariam pessimistas em relação a seu futuro, mas o CEO da Niantic, John Hanke, está bem empolgado com a chegada do título a outros mercados como, por exemplo, China, Russia e algumas partes da Ásia e África.

Vale salientar que, por mais que para muitos usuários Pokémon GO já tenha “perdido o encanto”, o lançamento iminente na China, país que concentra a maior população mundial, pode ser capaz de elevar potencialmente o lucro da Niantic.

Hanke afirmou durante o evento “Disrupt”, organizado pelo Techcrunch, que a forma como Pokémon GO foi recebido pelo mercado acabou fazendo com que um plano de expansão de dois meses fosse antecipado para execução em apenas duas semanas, período que o jogo conseguiu quebrar diversos recordes de uma só vez.

Em relação ao futuro, ele comenta sobre a inclusão de novos monstrinhos, um recurso que, inclusive, até já tem data marcada para chegar:

Sempre foi o intuito introduzir gradualmente mais Pokémons na experiência. Alguns são altamente cobiçados, e as pessoas ficarão realmente empolgadas quando aparecerem no jogo.

Em relação ao possível sistema de batalhas e trocas, algo recentemente descoberto nos códigos internos do jogo por um usuário do Reddit, Hanke comentou serem recursos bastante esperados pelos jogadores.

Mesmo não tendo tocado no assunto em relação às trocas, que estão previstas para estréia agora no mês de novembro, ele afirmou que as batalhas são “algo que ainda vai render muita conversa”, e que “apesar de já estar inclusa nos planos, ele ainda não tem uma data específica (para quando vai estrear)”:

Sempre o encaramos como um jogo que vai se desenvolver durante os próximos anos. Estamos lançando coisas novas a cada duas semanas. Já temos o produto mínimo viável no mercado, e isso é apenas a ponta do icebergs em termos de onde nós queremos chegar com o jogo. Eu acho que ele (Pokémon GO) vai mudar e evoluir substancialmente em poucos anos.

Durante o mesmo evento, Hanke também comentou sobre possíveis eventos para liberação dos novos personagens no jogo, algo que só deve ocorrer uma vez que toda a agenda de lançamentos tenha sido concluída.

Não podemos negar que Pokémon GO ainda tem muito campo para evoluir, inclusive, na parte social, onde a Niantic deveria se focar mais ainda, afinal de contas, um dos intuitos do jogo é jogar com seus amigos, não é verdade? Pelo visto, o jeito é aguardar para que as novidades venham chegando aos poucos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *